Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

HA Amazônia recebe importante doação, no valor de R$ 1.935.200,00

O Hospital de Amor Amazônia, unidade do HA instalada na capital rondoniense, Porto Velho, obteve uma importante conquista: uma doação no valor de R$ 1.935.200,00 (um milhão, novecentos e trinta e cinco mil e duzentos reais), permitindo a aquisição de um novo aparelho de ressonância magnética, que irá beneficiar os milhares de pacientes, vindos da região Norte do país, que são atendidos pelo centro especializado em oncologia.

Os recursos são provenientes de penas pecuniárias (medidas alternativas à prisão, que punem crimes de menor potencial ofensivo com o pagamento em dinheiro), recolhidas em todo o estado de Rondônia e foram obtidos a partir de esforços conjuntos do procurador jurídico da Fundação PIO XII (entidade mantenedora do Hospital de Amor), Odair Flauzino de Moraes, com o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.

O vice-presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Renato Mimessi, demonstrou seu contentamento com a contribuição com a causa do hospital. “É uma honra para nós do Judiciário entregar esse recurso, sabendo que será destinado para o bem de centenas de pacientes em tratamento da doença que atinge pessoas de todas as idades e classes sociais", disse. Quem também manifestou seu entusiasmo com a ação solidária foi o presidente do HA, Henrique Prata. Segundo o gestor, esse empenho do TJ-RO reforça a seriedade do trabalho desenvolvido pela instituição. “Nossos esforços são para trazer sempre o melhor para o paciente e o Judiciário se sensibilizou e contribuiu para essa melhoria”, explicou.

Resolução do Conselho Nacional de Justiça

A resolução 154, do Conselho Nacional de Justiça, torna possível a substituição de doações de cestas básicas por depósito de valores em conta única e específica para esse fim. Esses valores, acompanhados por extratos anexados aos processos, são depois distribuídos pela Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas, mediante projetos apresentados por entidades sem fins lucrativos, com objetivo de ressocialização, reparação de vítimas ou que desenvolvam atividades de repercussão social.
No caso do Hospital de Amor, como a quantia era muito alta, foi preciso mobilizar não apenas a capital do estado de Rondônia, mas todas as comarcas. Um provimento criou o fundo único estadual, no qual as comarcas depositaram até 20% do que arrecadaram nos fundos municipais para financiar projetos de abrangência e amplitude estadual.