Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Hospital promove palestra em comemoração ao 'Dia Internacional da Mulher'

 

Março é o mês dedicado às mulheres. Vários países no mundo prestam homenagem a elas pelo ‘Dia Internacional da Mulher’, comemorado no dia 8. O Hospital de Amor também celebra essa data e, no último dia 14, promoveu uma importante palestra destinada a suas colaboradoras. Com o tema: “Obstáculos para conquista da autonomia feminina: reflexos do direito da família e violência doméstica”, o evento contou com a participação das advogadas, Heloísa Chubaci Bezerra de Menezes e Fernanda Morato, e da coordenadora do Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM), Dra. Gláucia Régia Molaz Martins Simões (que atuou por mais de 20 anos como delegada de polícia na cidade de Barretos – SP).

Durante a palestra, diversas questões que envolvem o público feminino foram abordadas, entre elas, a pensão alimentícia. A advogada Heloísa explicou sobre as formas de pagamento desse direito e expôs as condições e procedimentos que a mulher/mãe deve realizar para dar entrada nela, que é garantida por lei. Vários exemplos foram apresentados, na tentativa de alertar as mulheres sobre esses direitos e como é importante estar sempre bem orientada para enfrentar qualquer situação. “Quando a mulher tem autonomia e independência, ela está livre de uma vida de agressões”, declarou.

Segundo a advogada, o trabalho da instituição ao promover palestras e gerar debates com esse perfil temático, oferecendo orientações às funcionárias, é fundamental, tanto no ambiente de trabalho, quanto fora dele, pois só assim é possível garantir o bem-estar dessas mulheres. “Sabemos que existe a elitização do acesso à informação jurídica. Por isso, quando há a possibilidade de se obter de maneira gratuita, com acesso fácil, é muito importante”.

Para ela, a palestra é como um ‘desabrochar de flores’, onde uma semente é plantada nas mulheres. Mesmo que demore algum tempo, ao identificar que possui seu direito garantido, ela procura meios para adquiri-los e isso gera um aumento em sua qualidade de vida.

Recursos Humanos
De acordo com a coordendora de gestão de pessoas do Hospital de Amor, Fernanda Vieira Zabeu, a realização da palestra vem de encontro com o Selo Paulista da Diversidade, instituído pelo Governo do estado de São Paulo e conquistado pela instituição em 2017. O intuito do evento foi sanar as dúvidas e ajudar as colaboradoras, para que possam conhecer melhor seus direitos, lutar por eles e conquistar uma vida pessoal confortável, contribuindo de maneira positiva com o trabalho na instituição. “A gente traz temas que parecem não ser presentes na nossa rotina, mas estão lá. Com esse evento, a instituição passa a ter mais uma alternativa para auxiliar as funcionárias e acolhê-las”, explicou.

Ao participar da palestra, a psicóloga e pesquisadora do Hospital, Nathália Lionel de Carvalho, reforçou a importância do evento. “Vivemos em uma sociedade muito individualista, onde nós não queremos enxergar os problemas que afetam as pessoas”.

Para encerrar o encontro, a ex-delegada, Dra. Gláucia, discursou sobre o abuso sexual de crianças e adolescentes, apresentando diversos exemplos vividos por ela no período em que estava à frente da Delegacia da Mulher, em Barretos. “Tanto a violência sexual, quanto a violência contra a mulher, são violências veladas. O índice é muito alto e, muitas vezes, não é possível chegar até ele. Estar em locais onde a gente possa falar e trazer casos concretos é uma forma de auxiliar o público feminino no combate a este tipo de violência”, declarou.

No evento, também foram apresentados vídeos demonstrando algumas características dos abusos e os efeitos que este crime gera ao longo da vida da pessoa abusada. A coordenadora apresentou o CRAM e mostrou como a entidade pode apoiar a mulher que se encontra nesta situação, ou que conheça alguém que esteja sofrendo. As participantes se sentiram à vontade para questionar e opinar sobre as questões levantadas.

Atendimento do CRAM
O Centro de Referência e Atendimento à mulher (CRAM) situa-se na Rua 30, nº 564 (avenidas 33 x 35), em Barretos. Atendimentos de segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h30 às 16h.