Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Conquista: Hospital ganha edição brasileira do prêmio da Terry Fox Foundation

 

O Hospital de Amor (HA) comemora mais uma grande conquista! Desta vez, o Centro de Pesquisa em Oncologia Molecular (CPOM) - importante departamento da instituição responsável por desenvolver pesquisas relacionadas ao câncer – ganhou a primeira edição voltada para o Brasil do prêmio da Terry Fox Foundation (TFF). Além da doação de uma quantia de aproximadamente R$ 17.000,00, arrecadados através da realização da corrida beneficente Terry Fox Run, que aconteceu em São Paulo (SP) no ano passado, o Hospital também conquistou o ‘selo de qualidade Terry Fox’.

O projeto premiado teve como título “O potencial terapêutico de ‘moléculas-combinadas’ no tratamento de tumores”. De acordo com o coordenador do CPOM, Dr. Rui Manuel Reis, a abordagem clínica do câncer é essencialmente baseado na utilização de agentes citotóxicos potentes, ou seja, substâncias empregadas no tratamento de alguns tumores quando procedimentos cirúrgicos ou radioterápicos, por exemplo, se mostram ineficazes. No passado, uma melhoria significativa na eficácia do tratamento foi obtida com a utilização de duas ou mais combinações de medicamentos, assim como a modificação da dosagem e o esquema de administração. “As atividades terapêuticas desses regimes têm sido frequentemente prejudicadas por toxidade grave e rejeição adquirida em tumores resistentes. Portanto, existe uma necessidade urgente para o desenvolvimento de novas abordagens para a combinação de fármacos, com o objetivo de aumentar a sua seletividade para o tumor e melhorar a sua eficácia em casos como estes”, afirmou.

Para contornar esses problemas, o grupo do professor Bertrand Jean-Claude, da Universidade McGill, no Canadá (parceiro da proposta) tem investigado o desenvolvimento de uma abordagem denominada ‘moléculas-combinadas’, que pretende criar novas combinações moleculares. A proposta visa melhorar a hidrossolubilidade (possibilidade de solução em água) e potência in vitro (no laboratório) e in vivo (em tecido vivo), além de aumentar a sua capacidade de ação através da adição de múltiplos alvos das ‘combi-moléculas’, em um vasto painel de linhagens celulares de distintos tipos tumorais, tais como: pulmão, esôfago, gástrico, cabeça/pescoço e colo-uterino.

A intenção é que essas novas moléculas bloqueiem múltiplas vias de sinalização, responsáveis pela progressão tumoral e uma reduzida sensibilidade à quimioterapia, aumentando assim a sua eficácia terapêutica.

A Terry Fox Foundation é uma das mais importantes ONGs mundiais de combate ao câncer. Fundada no Canadá e com 30 anos de história, ela conta com filiais em dezenas de países, que apoiam os principais grupos de pesquisa oncológica. Segundo Reis, um dos grandes objetivos da TFF é oferecer suporte aos projetos inovadores e impactantes, para que consigam mudar o tratamento de pacientes com câncer. “Para nós do Hospital de Amor é um imenso orgulho e honra receber este prestigiado prêmio. Muito mais do que seu valor monetário, é o símbolo de rigor, perseverança e inovação que ganhamos com essa conquista”, declarou.