Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Azul lança projeto social para apoiar pacientes do HCB com câncer de mama

 

A Azul Linhas Aéreas – companhia que apoia a campanha Outubro Rosa de forma intensa há oito anos – lançou neste mês uma importante e inédita contribuição a essa mobilização (que é a sua principal causa social) e às pacientes do Hospital de Câncer de Barretos. Nomeada de ‘Conexão Azul Rosa’, a iniciativa tem como objetivo alertar as mulheres brasileiras quanto à relevância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Graças à parceria com o Hospital de Amor, a Azul beneficiará diretamente um grupo de 30 mulheres da região de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE), diagnosticadas com câncer de mama no Instituto de Prevenção de Juazeiro (BA), provendo transporte aéreo (com um acompanhante cada) para Salvador (BA), para realizar seu tratamento em um hospital da capital baiana, gratuitamente.

A unidade móvel que atua nesta região desde 2007 já realizou mais de 128 mil mamografias e identificou 652 casos deste tipo de câncer, sendo cerca de 65% deles em fases iniciais. De acordo com o diretor médico das unidades de prevenção do Hospital de Câncer de Barretos, Dr. Raphael Haikel Júnior, a escolha da região pernambucana se deu pois a unidade hospitalar parceira mais próxima para realização do tratamento fica em Salvador, a 533 Km de distância. “A alternativa de transporte aéreo é a melhor solução para esse grupo de mulheres poderem ir e voltar da cirurgia com mais conforto. Elas vão trocar mais de cinco horas de estrada por apenas uma hora de avião”, explicou o médico.

TudoAzul
Para que essas mulheres pudessem contar com um acompanhante nesta viagem, afinal, elas precisam de alguém para ajudá-las nesse momento importante do tratamento, o programa de vantagens da Azul, o ‘TudoAzul’, também abraçou o projeto e realizou uma campanha exclusiva para o HCB.

Por meio dessa ação, todas as pessoas que se cadastrarem no programa da Azul, dentro do site do Hospital, durante o mês de outubro, ganham mil pontos de cortesia, assim como o Hospital de Amor, que também recebe doações da mesma quantia de pontos a cada novo membro.

Para a diretora de marketing e comunicação da companhia aérea, Claudia Fernandes, o objetivo é expandir o projeto para mais regiões que necessitem de transporte aéreo a partir de 2018. “Ficamos muito felizes com essa iniciativa, pois sempre foi nosso desejo fortalecer ainda mais nossa atuação social na campanha Outubro Rosa. Queríamos usar o poder da aviação para ajudar a ligar pessoas e propósitos. Foi então que, junto ao Hospital de Câncer de Barretos, construímos o projeto, que esperamos expandir para mais cidades e para mais mulheres”, afirmou.

A importância do projeto
As mulheres que serão beneficiadas com o projeto ainda não foram definidas, porém, existem várias histórias que são exemplo dessas dificuldades que muitas pessoas, já em tratamento, enfrentam para chegar até um centro oncológico especializado. Uma dessas personagens é a Katussia. Nascida e criada na cidade de Juazeiro (BA), a articuladora social, estudante universitária e voluntária do Instituto de Prevenção do HCB no município, Katussia Benedita Santos de Almeida, de 40 anos, é uma das mulheres que precisa passar por essa difícil jornada.

Após realizar o exame de mamografia no Instituto de Prevenção em que atuava, ela foi diagnosticada com câncer de mama. Em 2016, a voluntária foi encaminhada para uma instituição de tratamento em Salvador (BA), onde deu início aos procedimentos de quimioterapia, cirurgia, esvaziamento da axila, quadrantectomia e mastectomia. Não bastasse o desgaste sofrido por conta do tratamento, Katussia tinha que lidar com o cansaço e com as dores devido as longas 8 horas de viagem até o centro. “Depois de muito tempo fazendo o trajeto até o Hospital, em Salvador, eu não consigo mais. É muito doloroso para as mulheres que sofrem com a doença ter que percorrer caminhos tão longos. Eu, por exemplo, chegava inchada e com falta de ar. Para me tratar, conto com uma acompanhante que viaja de ônibus e eu dependo da solidariedade de amigos, que me doam ‘milhas aéreas’ para conseguir comprar minhas passagens com antecedência”, contou.

O projeto lançado pela Azul Linhas Aéreas promete facilitar a vida de outras mulheres, que também forem diagnosticadas com câncer de mama e precisem fazer longas viagens em busca de tratamento. Para a baiana, a possibilidade dessas pessoas terem um acompanhante durante o trajeto também é uma grande vitória. “A iniciativa da Azul foi maravilhosa e poderá ajudar a salvar muitas vidas! Além do transporte aéreo para a paciente, conseguir ter um acompanhante ao lado será de extrema importância. Muitas vezes, essas mulheres encontram-se em uma situação de vulnerabilidade, com estágio avançado da doença, e precisam de ajuda. Este projeto é, sem dúvidas, abençoado”, declarou.

Ajude também
Para quem deseja ajudar e quer saber como participar, basta acessar: www.hcancerbarretos.com.br/azulrosa.